Buscar

Erotização dos corpos infantis na sociedade de consumo

Jane Felipe

Bianca Salazar Guizzo

RESUMO: Este artigo tem como objetivo discutir o que as propagandas impressas, entendidas aqui como importantes artefatos culturais, veiculam e de que forma têm afetado a construção das identidades infantis, especialmente em relação ao gênero e a sexualidade. Para tanto, apoiamo-nos na perspectiva dos Estudos Culturais e dos Estudos Feministas, tendo como marco teórico a abordagem pós-estruturalista de análise, em especial das análises advindas das contribuições de Michel Foucault sobre o governo dos corpos.

Palavras-chave: Infância, relações de gênero e sexualidade.


BAIXE AQUI